Honda CB 250 Twister fez história ao inaugurar em 2001 o segmento das motos urbanas de 250 cc no Brasil. O modelo da Honda reinou por quase 10 anos até a chegada da CB 300R, em 2009. Agora, a fabricante reaproveita o famoso nome para lançar, no Salão Duas Rodas 2015, a substituta da CB 300R.

O modelo, com motor de 249,5 cm³, chega às concessionárias nas próximas semanas por iniciais R$ 13.050 — versão com freios ABS custam R$ 1.500 a mais –, carregando uma difícil missão: ampliar a liderança da montadora no segmento. No primeiro semestre de 2015, foram vendidas 14.504 unidades da quase extinta CB 300R, contra 8.384 de sua principal rival, a Yamaha Fazer 250.

Na comparação com  a CB300R, houve ligeira redução no rendimento: a potência máxima agora é de 22,6 cv a 7.500 rpm (etanol) e o torque de 2,24 kgfm a 6.000 rpm (mesmo para etanol ou gasolina), contra 26,7 cv a 7.500 rpm e 2,9 kgfm a 6.500 rpm da 300. Para compensar, o torque máximo está disponível 500 rpm antes, além de o peso da moto estar menor (139 kg com ABS) e haver o câmbio de relações mais curtas. A Honda também garante que o consumo é inferior ao da antecessora, tanto que permitiu à marca reduzir o tanque de 18,4 para 16,5 litros. Por fim, a nova Twister já atende às novas normas de emissões do Promot 4, que vigoram a partir de janeiro de 2016.

Preço:

Na divulgação dos preços, que ocorreu nesta segunda-feira (5), a Honda cumpriu o que prometeu quando andamos na Twister semana atrás: com valores de R$ 13.050 na versão standard e R$ 14.550 no modelo com ABS, a nova CB 250 segue praticamente a mesma tabela da CB300R (R$ 12.893 na STD e R$ 14.518 na ABS).

 

Honda CB Twister 250 2016 (34)

Honda CB Twister 250 2016 (23)

Honda CB Twister 250 2016 (14)
Honda CB 250 Twister